segunda-feira, 8 de agosto de 2011

DEZLOKADO - Marcos Fabrício Lopes da Silva





MARCOS para além da marcação, Fabrício para além da fabricação, LOPES para além do lapso, DA SILVA para além da selva de pedra. Poeta brasiliense afrobrasileiro e co-fundador da República do Pensamento, Jornalista formado no UniCEUB, Doutorando e mestre em Estudos Literários/Literatura Brasileira pela Faculdade de Letras da UFMG. Reside em Belo Horizonte.


A FOLHA E O LÁPIS

Viemos da mesma árvore,

mas somos frutos diferentes.

Nossos destinos se cruzaram

para que a obra-prima

não virasse só mais um rascunho.

Poderia te encher com os meus rabiscos,

mas prefiro traçar palavras bonitas

a fim de melhor gozar do teu espaço aberto e acolhedor.

Me agrada muito saber que,

ao ficares grávida dos meus sentidos,

os olhares dos curiosos ficam debruçados sobre ti,

conto que o segredo (e o encanto) da nossa relação

esteja no fato de que tudo entre nós foi sempre preto no branco.

Nossos contatos são tão marcantes

que não há borracha que os apague

e nem lixeira que os carregue para longe.

Tu guardas as nossas lembranças,

resistindo bravamente ao amarelo do tempo

enquanto eu driblo as ações do apontador

para curtir o maior tempo possível juntinho de ti.

Pintando o sete, riscamos o sofrimento do mapa,

e, de quebra, desliza em tua textura,

te fazendo cócegas e dengos.

Estou contigo até a última ponta. Registrado?


PARA-QUEDAS


Um para-quedas foi preciso para cair na tua vida.


Cheguei no teu coração. Remédio para antigas feridas.


Vivia nas nuvens até ter encontrado um pouso alegre.


Percebi que há uma outra forma de chegar às alturas:


é quando a minha língua alcança o céu da tua boca.


Em tua companhia, aprendi a não ter medo do chão


porque é nele que rola tudo entre a gente.




ELOGIO DO AMOR TOTAL( Na Levada de Camões)


Amor é agua que purifica sem precisar crer;


é cicatriz que cura e a ferida desmente;


é um inconformismo cpntente;


é remédio que a gente toma sem a bula ler




É um contra-poder mais que bem poder;


é ser solidário com quem não gosta da gente;


é sempre afinar-se com o coro dos descontentes;


é deixar a onda te levar sem o mas temer;




É querer estar condenado à liberdade;


é colher com quemse ama a lição da dor;


é não ter como obrigação a felicidade




Mas como ideal pode brotar a seu favor


mas corações humanos a sinceridade


se tão contrário, iludir é também Amor?




MENINO-AVIÃO


eixos que te quero asas


asas que te quero eixos


torto como o cerrado


desafio o plano arquitetado


prefiro experimentar


o plano-elevado


de ser o menino avião


que aprendeu a voar


com os pássaros


H20H!


Todo manda-chuva


chove no molhado.


Quem faz chover mesmo


é quem dá nó em pingo


d'água.


ALL STAR NA CIVILIZAÇÃO


João virou estrela

ao se enforcar em um cadarço

de um tênis surrado

de tanto correr atrás

de all star bem









Na Levada de CAMÕES

Nenhum comentário: